Mestre Lua de Bobó, é um dos capoeiristas da Academia de Capoeira Angola Cinco Estrelas do Mestre Bobó (Sr.Milton Santos) que até hoje preserva a linhagem deixada por seu Mestre.

Seguindo os fundamentos recebidos, Mestre Lua desenvolveu um estilo próprio que se caracteriza pela habilidade e elegância dos movimentos assim como uma postura comprometida com o titulo de “Mestre

da cultura da capoeira angola”. Imprimindo ao grupo e transmitindo a todos seus alunos o seu estilo, postura e elegância.

O grupo iniciou suas atividades na Associação dos Pescadores Unidos de Arembepe, em Arembepe, Camaçari BA, na gestão do Sr. “Lió” quando realizou seu “Iº Encontro de Capoeira Angola” em 1987, com a presença de vários capoeiristas de valor da Bahia como, Bobó, João Pequeno, Virgílio, João Grande, Curió, Pelé da Bomba e outros, assim como a companheira do falecido Seu Pastinha, D. Maria Romélia.

Em 1990 o grupo inicia suas aulas em Salvador, no Clube Regatas Vasco da Gama, no Dique do Tororó dividindo o espaço com Mestre Bobó. Onde permaneceu até 2001.

A partir de 2002 Mestre Lua de Bobó se muda definitivamente para Arembepe, passando a ministrar suas aulas e a realizar seu Encontro anual inicialmente na Associação Pescadores Unidos de Arembepe, até conseguir terminar a construção do seu espaço próprio.

Após muitas dificuldades e com a colaboração de alguns admiradores, no seu evento anual em janeiro de 2005, o grupo inaugura seu espaço à beira-mar num antigo terreno da família do Mestre Lua de Bobó, herdado de seus pais.

Localizado em frente à praia de Arembepe, o espaço torna-se um verdadeiro reduto angoleiro, uma fortaleza mágica construída pelo próprio Mestre.

O grupo tem como seus objetivos manter vivo os ensinamentos transmitidos pelo Mestre Bobó, ampliar a cultura e pratica da capoeira angola, como fonte de equilíbrio e de educação.

As principais pessoas veteranas do grupo atualmente são a madrinha, Dna. Maria, mãe do Mestre Lua; o Mestre Malhado (Erivaldo Borges da Cruz), filho mais velho do Mestre e Ariosvaldo Borges da Cruz, filho do Mestre.

No ano de 2013 é formado 1 novo núcleo do Grupo de Capoeira Angola Menino de Arembepe – GCAMA em Curitiba PR, sendo conduzido pelas alunas Nelma e Bel, com treinos em espaço cedido pelo Terreiro do Pai Maneco no bairro de Santa Cândida.

Em 2014 e formado 1 novo núcleo em Rio Claro SP, com espaço próprio, Rua 1 B nº 205, casa 16 entre Av. 1 A e 3 A bairro Cidade Nova, sendo conduzido pelos alunos Fábio e Junior.